Pastoral do Povo de Rua realiza Via-Sacra

A Pastoral do Povo de Rua realizou nesta quarta-feira o piedoso exercício da Via-Sacra no interior da Catedral de Nossa Senhora da Glória. Estavam presentes, assistidos, agentes de pastoral, Padre Edilson Medeiros de Barros e amigos.



Maria Ignez Francischetti Suzano conduziu nossa caminhada pelas estações da Via-Sacra, relembrando e atualizando os momentos da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, nosso Senhor. Com a Igreja de todo o Brasil rezamos pela superação da violência.


Nossos irmãos de rua percorrem também uma longa via-sacra e com muitas estações. Basta ouvir as histórias de vida de cada assistido e logo eles nos contam uma grande história dolorosa. Uma via-sacra feita de dor, sofrimento, violência, abandono, exclusão. Mas também de momentos de pequenas alegrias, quando encontram mulheres e homens que, como Verônica e Cirineu, enxugam os seus rostos e aliviam o peso de suas cruzes.


Pe. Edilson Medeiros de Barros, na 6ª estação, relembrou nossa querida Rita Cruz que como

Verônica muitas vezes enxugou o rosto de Jesus, presente em tantos irmãos sofredores.

No Grupo de Oração, realizado às quintas-feiras, Maria Ignez tem nos convocado a nos unirmos em torno da oração, da reflexão e de ações concretas para a superação da violência em todas as suas expressões e a busca da paz como valor maior. “Vós sois todos irmãos”(Mt23,8)!

“Que o Deus da Paz nos ajude a dizer em voz igualmente bem forte: SIM! NÓS TODOS SOMOS IRMÃOS”!

#Pastoral

33 visualizações