Acolhimento, solidariedade e cuidado: atitudes simples para ajudar quem precisa


A Casa de Acolhida Regina Lúcia Fonseca de Gomes vem tomando algumas medidas para assegurar a assistência às pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social, em virtude das restrições recomendadas e obrigações a nós impostas durante o estado da pandemia: o horário de funcionamento está sendo de 7:00 às 14 horas, os banhos e lavagens de roupas são efetuados normalmente, obedecendo ao critério de redução do número de pessoas por vez, para uso das duchas, o café da manhã e almoço estão sendo servidos em vasilhames descartáveis. Intensificamos a distribuição de quites de higiene pessoal, as ações de assepsia e do uso de acessórios para a proteção da saúde de todos, assistidos e funcionários. Em virtude do voluntariado estar em isolamento em casa por pertencer ao grupo de risco, são os funcionários da Casa de Acolhida, juntamente com a 1ª vice-presidente Marilia Gouvêa dos Reis que estão à frente de todo atendimento, que teve um aumento no fluxo das pessoas devido a impossibilidade de muitos ambulantes e catadores de recicláveis trabalharem.

A assistente social tem se reunido com este público para a conscientização do momento atual e para que entendam o auxílio emergencial aprovado pelo Congresso Nacional, uma ajuda financeira que será paga às pessoas de baixa renda durante a crise da pandemia. A grande maioria dos beneficiários da Casa de Acolhida Regina Lúcia Fonseca de Gomes tem direito a este auxílio emergencial, pois são inscritos no CADÚNICO e atualmente estão sendo realizados os cadastros dos não inclusos.

Devido ao isolamento social algumas atividades rotineiras foram afetadas, como o funcionamento da barbearia, do bazar, do consultório médico, dos atendimentos psicológicos e a elaboração de parte de documentos da Casa que dependem de terceiros.


Na parte da economia, começamos a sentir os aumentos de preços em alguns bens essenciais que podem vir a inflacionar as contas, sobretudo de supermercado este mês. Desejamos que todos fiquem bem e que comecemos a ver uma luz ao final do túnel, do fim desta pandemia. Os nossos agradecimentos a todos que, com suas doações, vêm atendendo às nossas solicitações para o efetivo atendimento aos beneficiários da Casa de Acolhida Regina Lúcia Fonseca de Gomes. #fiqueemcasa, #casadeacolhida

47 visualizações

A Pastoral do Povo de Rua é uma
das pastorais sociais da Paróquia
de N. Sra. da Glória.

SOBRE NÓS
LOCALIZAÇÃO

Casa de Acolhida Regina Lúcia Fonseca de Gomes

Pastoral do Povo de Rua • Valença • RJ
Praça Pe. Gomes Leal 365, sl. 5      
Centro • Valença • RJ • 27600-000      
tels.: (24) 2453 4626                         
e-mail:
contato@amigosdarua.org

  • Grey Flickr Icon
  • Grey Facebook Icon